Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
13º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Geral > Trânsito

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

21/01/2014 11:30 - Atualizado em 21/01/2014 12:04

EGR cadastra veículos com direito a gratuidade nos pedágio da ERS 235 e ERS 115

Moradores de Gramado, São Francisco de Paulo e Três Coroas têm direito a isenção da tarifa

A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) realiza o cadastramento dos motoristas que têm direito à passagem gratuita nas praças de pedágio localizadas em Gramado, na ERS 235, em Três Coroas, na ERS 115, e em São Francisco de Paula, na ERS 235. Nestes três locais a tarifa única é de R$ 5,90. A medida visa beneficiar os moradores dos três municípios onde os pedágios estão instalados e que necessitam cruzar as praças durante seu deslocamento cotidiano.

Os interessados em obter a isenção devem preencher um formulário de requerimento, disponível no site da EGR ou nas sedes das prefeituras de cada um dos municípios. No documento, os motoristas precisam informar os dados pessoais e as informações sobre o veículo, a frequência semanal com que passam pelo pedágio e o tipo de dispositivo de isenção que dispunham anteriormente: chip, TAG ou cartão.

Além disso, os moradores terão de assinar declaração de que residem entre a praça de pedágio e o limite territorial de Gramado ou de Três Coroas ou de São Francisco de Paula, no caso, do lado oposto à sede urbana, e transitam pela praça de pedágio no sentido do interior ao centro da cidade. As informações contidas no formulário serão entregues na sede da Administração Municipal e analisadas pela EGR. Em caso de aprovação da solicitação, o cartão de isenção estará disponível na praça de pedágio no prazo de 15 dias a partir do pedido. O solicitante terá 30 dias para retirada do cartão, a contar da data de entrega dos documentos. Se não o fizer nesse período, deverá encaminhar nova solicitação, com cópia de todos os documentos. O cartão de isenção é intransferível e só poderá ser utilizado pelo favorecido quando esse estiver conduzindo o veículo cadastrado.

Bookmark and Share


Fonte: Stephany Sander/Rádio Guaíba







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.