Correio do Povo

Porto Alegre, 1 de Outubro de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
13º 20º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

21/01/2014 11:32 - Atualizado em 21/01/2014 12:05

Polícia fará inspeção em avião apreendido em Montenegro

Denarc usará cães farejadores para investigar resquícios ou não de drogas na aeronave

Denarc usará cães farejadores para investigar resquícios ou não de drogas na aeronave<br /><b>Crédito: </b>  Denarc/Polícia CivilDivulgalção CP
Denarc usará cães farejadores para investigar resquícios ou não de drogas na aeronave
Crédito: Denarc/Polícia CivilDivulgalção CP
Denarc usará cães farejadores para investigar resquícios ou não de drogas na aeronave
Crédito: Denarc/Polícia CivilDivulgalção CP

O Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil vai realizar uma inspeção no avião boliviano, modelo Cessna 182, com prefixo clonado, apreendido na tarde de segunda-feira no aeródromo de Montenegro, no Vale do Caí. Com ajuda de cães farejadores e de peritos, o trabalho tem como objetivo detectar resquícios ou não de drogas na aeronave. Responsável pela Divisão de Investigações do Denarc, o delegado Heliomar Franco não descarta a possibilidade de que seja a aeronave seja a “ponta de um iceberg” de uma rota de tráfico internacional de drogas. Outras suspeitas, como um esquema de contrabando de mercadorias ou apenas o uso indevido do avião clonado”, também estão sendo consideradas.

Heliomar Franco pretende verificar se o avião tem condições de voo antes de trazê-lo para o hangar da Polícia Civil, no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. Nesse sentido, ele precisará da autorização da Aeronáutica. O delegado quer ainda conseguir, pela via judicial, que o avião seja confiscado e destinado à corporação.

A apreensão do Cessna 182 ocorreu durante uma ação que teve apoio da DP de Montenegro, sob comando do delegado Marcelo Farias Pereira. A partir do recebimento de uma denúncia anônima sobre a aeronave cladestina que estaria carregada com algo ilícito, os agentes do Denarc foram até o aeródromo de Eldorado do Sul, onde recém havia decolado o avião suspeito após uma mala ser entregue pelo piloto aos ocupantes de um Fiat Palio Weekend, que já não estavam mais no local.

As diligências prosseguiram até Montenegro, onde a aeronave foi encontrada sem o piloto, vazia e com pouco combustível.  Os agentes do Denarc vasculharam toda a região, localizando o Fiat Palio Weekend a cerca de dois quilômetros do aeródromo. Dois homens foram detidos. Em seguida, o piloto da aeronave foi abordado pelos policiais civis no km 428 da BR 386, em Nova Santa Rita. Após serem ouvidos e por nada ter sido encontrado de ilícito, o trio foi liberado. “As investigações vão prosseguir para descobrir a origem e finalidade do uso desse avião”, assegurou o delegado Heliomar Franco.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo





» Tags:Polícia Avião

O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.