Correio do Povo

Porto Alegre, 2 de Outubro de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
14º 21º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

22/01/2014 07:27 - Atualizado em 22/01/2014 07:50

Manifestante morre em protestos na Ucrânia

Polícia lançou ataque contra opositores que ocupam o centro de Kiev

Manifestantes e a polícia se enfrentam em Kiev, desde o último domingo
Crédito: Vasily Maximo / AFP / CP

Um manifestante morreu nesta terça-feira em Kiev, na Ucrânia, depois de ter sido baleado pela polícia no mesmo dia em que foi lançado um ataque contra os opositores que ocupam o centro da capital do país. "O homem morreu cedo pela manhã, provavelmente por um atirador escondido" nos confrontos da madrugada desta terça-feira, declarou à  uma fonte da oposição. O ministro do Interior confirmou uma vítima fatal, mas sem informar a natureza de seus ferimentos.

Por volta das 6h (4h de Brasília), a polícia lançou um ataque contra as barricadas instaladas pelos manifestantes na rua Grouchevski e deteve várias pessoas, segundo as imagens transmitidas pela televisão. O serviço médico da oposição afirmou que outro manifestante morreu na segunda-feira ao cair de uma altura de dez metros, embora o ministério do Interior não tenha confirmado seu falecimento.

Desde o último domingo a situação é muito tensa em Kiev, onde os manifestantes e a polícia se enfrentam sem interrupção com coquetéis molotov, balas de borracha e bombas de efeito moral.  Na terça-feira, o primeiro-ministro ucraniano, Mykola Azarov, ameaçou recorrer à força contra os "provocadores".

Há dois meses, milhares de pessoas protestam em Kiev contra o presidente Viktor Yanukovytch, criticado por ter desistido de um acordo de associação com a União Europeia, preferindo uma aproximação com Moscou.


Bookmark and Share

Fonte: AFP






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.