Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 22/01/2014
  • 10:50
  • Atualização: 10:58

África do Sul quer tirar coelho da orelha de estátua de Mandela

Escultores colocaram a peça para representar o pouco tempo que tiveram para acabar a obra

Segundo os escultores, o coelho representa o pouco tempo que tiveram para acabar a obra | Foto: STR / AFP / CP

Segundo os escultores, o coelho representa o pouco tempo que tiveram para acabar a obra | Foto: STR / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O governo sul-africano retirará um pequeno coelho esculpido dentro da orelha da estátua gigante do Nelson Mandela inaugurada em dezembro em Pretória, indicou nesta quarta-feira um porta-voz. "Queremos restaurar a integridade da escultura o mais rápido possível", disse o porta-voz do ministério da Cultura, Mogomotsi Mogodiri.

Os dois escultores, André Prinsloo e Ruhan Janse van Vuuren, explicaram ao jornal Beeld que haviam colocado um coelho na orelha direita da estátua de bronze como forma de assinatura, já que o ministério proibiu que escrevessem seus nomes.

Segundo os escultores, o coelho representa o pouco tempo que tiveram para acabar a obra, porque na língua africana a palavra "haas" quer dizer "coelho", mas também "pressa". "Não posso dizer quanto tempo levará para tirar o coelho. Estamos discutindo isso com as autoridades do ministério e da empresa encarregada de fabricar a estátua", declarou o ministro da Cultura.

A obra, de nove metros de altura, que representa um Nelson Mandela sorridente com os braços abertos, foi inaugurada no dia 16 de dezembro nos jardins do Union Buildings, a sede da presidência sul-africana em Pretória, um dia após o enterro do herói da luta contra o apartheid.

Mandela, o primeiro presidente negro da África do Sul, que passou 27 anos nas prisões do regime racista do apartheid, morreu no dia 5 de dezembro de 2013 aos 95 anos.


Bookmark and Share