Correio do Povo

Porto Alegre, 22 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
20ºC
Amanhã
14º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

25/01/2014 09:40 - Atualizado em 25/01/2014 09:45

Apesar da chuva e frio, veranistas aproveitam a praia

Crianças entraram nas águas geladas e agitadas de Tramandaí

Crianças entraram nas águas geladas e agitadas de Tramandaí
Crédito: Samuel Maciel

A chuva e o vento não espantaram os veranistas da praia na manhã de sábado. Porém, somente as crianças se aventuraram a entrar no mar. Os demais preferiram caminhar e observar a movimentação do calçadão protegidos com casacos e toalhas. A precipitação começou forte na noite de sexta-feira e seguiu mais fraca no início do fim de semana.

Em Tramandaí, pelo menos dois grupos de amigos não desmarcaram as excursões que tinham marcadas para o Litoral Norte. Os vizinhos de Parobé chegaram na areia, no início da manhã, enquanto os mais novos brincavam no mar, os pais ficavam observando de longe. “Saímos de casa umas 5h30min. Meus filhos nunca tinham vindo para a praia. Estão radiantes”, disse a dona de casa Carina Muriel, 35 anos. No entanto, ela não estava aproveitando muito e o sol fez falta.

A industriária Celita da Silva, 47, organizou o passeio. Ela é presidente da Associação de Moradores Boa Vista, onde vivem os turistas que vieram no ônibus alugado por ela. “É uma pena que tenha chovido”, declarou. O outro grupo saiu de Campo Bom às 4h30min e se surpreendeu com o tempo fechado quando chegou em Tramandaí. A costureira Berenice Carvalho, 38, disse que os 48 amigos programaram a viagem há dois meses. Ela, o marido e os dois filhos ficaram chateados com a chuva. Uma das integrantes do passeio, Crislaine Bennech, 15, contou quem estava decepcionada. “Estava pensando e tomar sol e ficar bronzeada”, comentou. Os outros adolescentes levaram uma bola, mas não se animaram para jogar.

Enquanto isso, as crianças não se preocuparam e entraram na água gelada. O mar estava agitado e a bandeira na guarita dos salva-vidas era a vermelha, o que indica cuidado com os buracos e o repuxo.

Bookmark and Share

Fonte: Karina Reif / Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.