Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
14º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

28/01/2014 22:32

Sobe para 52 número de mortos em mercado na Nigéria

Autoridades cogitam que tragédia possa ter deixado saldo de 85 vítimas

Autoridades cogitam que tragédia possa ter deixado saldo de 85 vítimas<br /><b>Crédito: </b> Ladi Tunji / AFP / CP
Autoridades cogitam que tragédia possa ter deixado saldo de 85 vítimas
Crédito: Ladi Tunji / AFP / CP
Autoridades cogitam que tragédia possa ter deixado saldo de 85 vítimas
Crédito: Ladi Tunji / AFP / CP

Pelo menos 52 pessoas morreram no domingo, no ataque contra um mercado no nordeste da Nigéria, atribuído pelas autoridades ao grupo de insurgentes islâmicos Boko Haram, informou a polícia nesta terça-feira. "Tivemos a confirmação de que 52 pessoas morreram no ataque", disse o chefe da polícia do estado de Borno, Lawan Tanko.

Na segunda-feira, foi divulgado um primeiro balanço de 45 óbitos. O ataque aconteceu no domingo à noite, na localidade de Kawuri, a 37 quilômetros de Maiduguri, capital do estado de Borno, reduto dos islâmicos. Segundo um dos chefes de uma milícia local de autodefesa, o número total de mortos chegaria a 85, mas essa informação ainda não foi confirmada.

Em outubro, os combates entre Boko Haram e uma milícia de autodefesa em Kawuri já deixaram dez mortos, e dezenas de casas e lojas locais destruídas. No domingo, outro ataque também foi cometido no estado vizinho de Adamawa, que deixou 26 vítimas. Neste, um grupo de homens armados disparou contra as pessoas que assistiam a uma missa de uma igreja católica na localidade de Waga Chakawa.

Bookmark and Share

Fonte: AFP





» Tags:África Nigéria


O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.