Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 31/01/2014
  • 08:12
  • Atualização: 08:55

Níveis elevados de radioatividade são detectados em central nuclear britânica

Funcionários continuam trabalhando e as fábricas estão funcionando

  • Comentários
  • AFP

Níveis elevados de radioatividade foram detectados na central nuclear de Sellafield, noroeste da Inglaterra, o maior e mais antigo complexo nuclear da Europa, anunciou nesta sexta-feira a operadora Sellafield Ltd.

Por medidas de prudência e de precaução, a central, utilizada para o armazenamento de dejetos de combustíveis, opera com normalidade, mas com menos funcionários hoje. Apenas os funcionários essenciais devem comparecer ao local.

"Os níveis de radioatividade detectados estão acima do normal, mas muito abaixo de um nível que exigiria uma ação dos funcionários na central ou fora dela", completa o comunicado.

Sellafield foi a primeira central nuclear do mundo a fornecer energia elétrica ao público, mas interrompeu a produção em 2003. Desde então, o local é utilizado para o armazenamento dos dejetos nucleares e a recuperação do combustível usado. Em março de 2013 teve que ser fechada provisoriamente por precaução devido ao mau tempo.


Bookmark and Share