Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 31/01/2014
  • 11:35
  • Atualização: 11:42

Regime sírio descarta qualquer concessão nas negociações em Genebra

Ministro sírio da Informação disse que posição do governo é irreversível

  • Comentários
  • AFP

Damasco não fará concessões nas negociações de paz com a oposição, afirmou o ministro sírio da Informação, Omran al-Zohbi, no último dia da conferência de Genebra. "Nos próximos dias, haverá, a princípio, uma nova rodada. Mas eles (oposição e aliados) obterão qualquer concessão da delegação síria", afirmou Zohbi a um grupo de manifestantes pró-regime no lado de fora da sede da ONU em Genebra.

"Israel não conseguiu nenhuma concessão em meio século, o terrorismo não conseguiu nenhuma concessão nos últimos três anos, Turquia, Catar, Arábia Saudita, Jordânia e os conspiradores no Líbano não conseguiram nenhuma concessão pela força", acrescentou. "Não conseguirão através da política o que não obtiveram pela força", enfatizou, entre aplausos dos manifestantes. O ministro ser referia aos países e as partes que apoiam a rebelião armada que tenta há quase três anos derrubar o regime de Bashar al-Assad.

Ele faz parte da delegação governamental que deixará nesta sexta-feira Genebra, depois de uma semana de negociações com a coalizão da oposição, na presença do mediador internacional Lakhdar Brahimi.


Bookmark and Share