Correio do Povo

Porto Alegre, 1 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
12º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

31/01/2014 16:00 - Atualizado em 31/01/2014 16:45

Número de Homicídios cai, mas casos de Latrocínios sobem no RS

Balanço da SSP apontou aumento do índice de sete entre 15 crimes pesquisados

A Secretaria Estadual de Segurança Pública do Estado divulgou nesta sexta-feira os números da criminalidade no RS no ano passado. De 15 crimes analisados, sete registraram crescimento e oito tiveram índices menores na comparação com 2012. Enquanto os homicídios caíram 5,5% em 2013, os latrocínios aumentaram em 21,9%.

De acordo com os dados da SSP, 2012 encerrou com 1.992 homicídios dolosos, enquanto 2013 teve 1.882. Já os latrocínios passaram de 91 para 111 de um ano para o outro no Rio Grande do Sul. O roubo de veículo também teve queda de 0,9 %, com redução de 108 em todo Estado. Foram 12.051 ocorrências em 2012 e 11.943 em 2013, uma média de quase 1000 carros roubados por mês no Estado. Por outro lado, o furto de carros cresceu de 15.674 para 16.755 ocorrências – aumento de 6,8%.

Em nota, a SSP destacou que considera o combate aos crimes contra a vida como a situação mais desafiadora. O objetivo, conforme o órgão, é reduzir o número de mortes, independente do crime.

A secretaria destacou os resultados da patrulha Maria da Penha, solicitada por mulheres vítimas de violência doméstica. As patrulhas realizam visitas regulares à casa das mulheres. Segundo a SSP, mais de 40 homens foram presos em flagrante quando estavam prestes a voltar a atacar a vítima. Nenhuma mulher protegida pela Patrulha Maria da Penha morreu, desde 2012, quando começou a funcionar.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.