Porto Alegre, sábado, 29 de Novembro de 2014

  • 01/02/2014
  • 14:13

Erupção vulcânica deixa pelo menos 14 mortos na Indonésia

Vulcão Sinabung projetou rochas e cinzas a até dois quilômetros de distância

Vulcão Sinabung projetou rochas e cinzas a até dois quilômetros de distância | Foto: Sutanta Aditya / AFP / CP

Vulcão Sinabung projetou rochas e cinzas a até dois quilômetros de distância | Foto: Sutanta Aditya / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Pelo menos 14 pessoas morreram neste sábado devido às nuvens de cinzas ardentes expelidas pelo vulcão Sinabung, na Indonésia, durante sua erupção dos últimos dias. Entre os mortos há quatro jovens que estavam em uma excursão com sua escola para observar justamente o vulcão, no Oeste da ilha de Sumatra, declarou Sutopo Purwo Nugroho, porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Catástrofes.

As imagens do local mostram cenas apocalípticas de corpos cobertos de cinzas a alguns metros de uma moto derrubada. Os socorristas lutavam contra a fumaça para tentar se aproximar deles. Nugroho indicou que mais pessoas podem ter morrido após a erupção deste sábado, mas as operações de resgate tiveram que ser interrompidas devido à grande quantidade de gases tóxicos e ao calor insuportável nas proximidades do vulcão.

"Acreditamos que há mais vítimas, mas não podemos chegar a elas porque estão na trajetória da nuvem de cinzas ardente", explicou Nugroho. Outras três pessoas sofreram queimaduras.

O vulcão do monte Sinabung, que havia registrado uma queda de atividade, despertou neste sábado pela manhã, projetando rochas e cinzas a uma distância de até 2.000 metros de altura cobrindo uma imensa área com uma nuvem escura.

Bookmark and Share