Porto Alegre, domingo, 21 de Dezembro de 2014

  • 02/02/2014
  • 13:08
  • Atualização: 13:11

Procissão de Navegantes reúne 100 mil pessoas em Porto Alegre

Evento teve diminuição do público em razão da greve dos ônibus

  • Comentários
  • Cláudio Isaías / Correio do Povo

Pelo menos 100 mil pessoas participaram neste domingo da procissão de Nossa Senhora de Navegantes, em Porto Alegre, segundo estimativas da Brigada Militar. A expectativa da organização do evento era de que 160 mil fiéis acompanhassem a procissão terrestre. A diminuição do público ocorreu em função da greve dos rodoviários, que completa uma semana nesta segunda-feira. Mesmo com passe livre, nenhum ônibus circulou na Capital.

Mesmo sem ônibus e com o forte calor, o público fez demonstrações de fé. Os fiéis seguiram o cortejo de cinco quilômetros, que saiu às 8h da Igreja do Rosário, na rua Vigário José Inácio, no Centro, e passou pelas avenidas Mauá, Castelo Branco, Sertório e seguiu até a praça em frente à Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes. O tema da 139ª edição da festa foi “Revisitando a História”. Segundo o organizador da festa, Juarez Vasques, apesar de a Capital viver o impasse do transporte público, os fiéis conseguiram prestar a sua homenagem a Nossa Senhora dos Navegantes.

Às 10h, ocorreu a missa campal na Igreja Nossa Senhora dos Navegantes celebrada pelo arcebispo de Porto Alegre, dom Jaime Spengler. Depois da celebração, o público pode chegar próximo à imagem de Nossa Senhora dos Navegantes. Às 20h, soldados do 11º Batalhão de Polícia Militar retornarão com a imagem de Nossa Senhora dos Navegantes ao seu local de origem, no interior do santuário.

Entre as autoridades que participaram da procissão terrestre estavam o prefeito José Fortunati, o secretário de Direitos da Justiça e Humanos, Fabiano Pereira, o presidente da Câmara de Vereadores, professor Garcia, e o ex-governador Olívio Dutra. O governador Tarso Genro que havia confirmado presença na procissão não compareceu ao evento.

A procissão fluvial pelo lago Guaíba começou às 8h, na Colônia de Pescadores Z-5, na Ilha da Pintada, com cerca de 80 barcos. As embarcações se deslocaram para a orla da Usina da Gasômetro, onde às 9h foi realizada uma celebração, com bênção aos barcos convidados. Às 9h15min, a procissão saiu em direção a ponte do Guaíba e depois retornou com a imagem da santa para a Ilha da Pintada.

Bookmark and Share


TAGS » Geral, Navegantes