Correio do Povo

Porto Alegre, 19 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
13º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Economia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

04/02/2014 10:03 - Atualizado em 04/02/2014 10:05

Produção industrial cai ao menor nível desde dezembro de 2008

IBGE divulgou recuo de 3,5% no setor no mês passado

O recuo de 3,5% na produção industrial brasileira em dezembro ante novembro foi a maior queda registrada desde dezembro de 2008, quando a indústria teve retração de 12,2%, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O dado do mês passado foi o segundo resultado negativo consecutivo. Nos últimos dois meses de 2013, o setor acumulou uma perda de 4,0%.

Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a produção caiu 2,3% em dezembro, a queda mais intensa desde março de 2013, quando tinha recuado 3,3%. A queda ante o mesmo mês de 2012 interrompeu uma sequência de três resultados positivos consecutivos.

O IBGE também informou que a produção da indústria de bens de capital caiu 11,6% em dezembro ante novembro. Na comparação com dezembro de 2012, o indicador mostra alta de 1,8%. Os dados fazem parte da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física (PIM-PF). Em 2013, houve alta de 13,3% na produção de bens de capital.
Em relação aos bens de consumo, a pesquisa registrou queda de 2,5% na passagem de novembro para dezembro. Na comparação com dezembro de 2012, houve recuo de 3,2%. No acumulado de 2013, a queda foi de 0,2%.

Na categoria de bens de consumo duráveis, o mês de dezembro registrou queda de 3,0% ante novembro, e recuo de 3,5% em relação a dezembro de 2012. O resultado de 2013 foi de avanço de 0,7%.

Entre os bens de consumo semi e não duráveis, houve redução de 2,3% em dezembro ante novembro, e recuo de 3,1% na comparação com dezembro de 2012. O resultado fechado de 2013 foi de queda de 0,5%.

Para os bens intermediários, o IBGE informou que a produção recuou 3,9% em dezembro ante novembro, e diminuiu 2,0% em relação a dezembro de 2012. No fechado do ano passado, a categoria registrou estabilidade (0,0%) na produção.

Revisão 

O IBGE revisou a produção industrial de novembro ante outubro, de uma queda de 0,2% para um recuo de 0,6%. A taxa de outubro ante setembro também foi revista, passando de uma alta de 0,6% para um avanço 0,3%. O resultado de setembro ante agosto saiu de 0,6% para 0,5%, enquanto a taxa de agosto ante julho saiu de 0,2% para 0,1%.

A produção de bens de capital também foi revisada, passando de -2,6% em novembro ante outubro para -3,5%. A taxa de outubro ante setembro saiu de 0,2% para 0,1%. Já o resultado de setembro ante agosto foi revisto de 3,8% para 3,7%.

Bookmark and Share

Fonte: AE






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.