Correio do Povo

Porto Alegre, 2 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
13ºC
Amanhã
16º 20º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

04/02/2014 17:47 - Atualizado em 04/02/2014 18:12

Fortunati divulga nota oficial sobre continuidade da greve

No nono dia da paralisação, prefeito diz que está buscando alternativas à população

O prefeito José Fortunati divulgou uma nota oficial acerca da greve dos rodoviários no fim da tarde desta terça-feira – nono dia seguido da mobilização da categoria. Ele reforçou os esforços da prefeitura em priorizar o transporte público e citou ações para minimizar os efeitos da paralisação, como o reforço com a frota de escolares e a implementação da linha hidroviária entre o Centro e a Ilha da Pintada.

Na manhã desta terça-feira, os rodoviários rechaçaram proposta acordada no Tribunal Regional do Trabalho ontem. Após isso, eles realizaram um protesto em frente a sede do TRT.

Fortunati esteve em Brasília tentando a aprovação do Regime Especial de Incentivos para o Transporte Coletivo Urbano e de Caráter Urbano de Passageiros (Reitup). No entanto, a resposta do Ministério da Fazenda foi negativa. Para Fortunati, só com um aumento da participação do governo federal será possível que os prefeitos reduzam ou pelos menos não elevem o preço da passagem em 2014.

Nota oficial:

Diante da manutenção da greve geral no transporte coletivo, manifestamos os seguintes posicionamentos:

1 – Na expectativa de que se aprofunde o diálogo entre as partes para solução do dissídio, lamentamos a recusa da proposta construída após intensa negociação realizada no Tribunal Regional do Trabalho, com representação dos rodoviários e dos empregadores, o que mantém o prejuízo diário a mais de 1 milhão de usuários penalizados com a continuidade da total paralisação do transporte coletivo de ônibus;

2 – Reforçamos que o município está desde o início da greve buscando providências concretas para oferecer opções alternativas de deslocamento aos cidadãos, como a atuação das vans escolares no transporte de passageiros, o trânsito em pé nas lotações, a linha hidroviária para a Ilha da Pintada e o incentivo à carona solidária, além de adotar todas as medidas legais cabíveis para garantir o cumprimento da decisão judicial que prevê o mínimo de 70% da frota em atividade nos horários de pico e 30% dos ônibus no restante do dia;

3 – Neste sentido, encaminhamos novamente nesta tarde pedido para que a Metroplan viabilize o embarque e desembarque de passageiros durante os trajetos das linhas intermunicipais que atuam na Capital, como mais um meio alternativo de transporte para os usuários de Porto Alegre;

4 – Com a convicção de que o fortalecimento do transporte coletivo é o caminho para superar o desafio nacional da mobilidade urbana, estamos empenhados na mobilização junto ao governo federal para viabilizar a aprovação do Regime Especial de Incentivos para o Transporte Coletivo Urbano e de Caráter Urbano de Passageiros (Reitup), que prevê um conjunto de medidas para desonerar a tarifa e qualificar a gestão e a transparência do sistema do transporte coletivo, movimento sustentado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP);

5 – Reafirmando o compromisso da Prefeitura de Porto Alegre em minimizar os transtornos à população, mantemos o núcleo gestor de governo permanentemente mobilizado para avaliar os impactos da greve dos rodoviários e definir medidas práticas de atendimento à população.

José Fortunati
Prefeito de Porto Alegre

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.