Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 04/02/2014
  • 21:48
  • Atualização: 21:51

Cerca de 400 golfinhos aparecem mortos em praias do Peru

Causa das mortes ainda é desconhecida

Causas estão sendo investigadas | Foto: IMARPE / AFP / CP

Causas estão sendo investigadas | Foto: IMARPE / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Mais de 400 golfinhos foram encontrados mortos em praias do Norte do Peru durante o mês de janeiro, de causas desconhecidas, de acordo com o Instituto do Mar do Peru (IMARPE) e a Organização Científica para a Conservação de Animais Aquáticos (ORCA). 

Para descobrir a causa das mortes, o IMARPE realiza pesquisas em sua sede, em Lima ,e a ORCA enviará amostras dos mamíferos para entidades especializadas no exterior. O diretor da ORCA e veterinário especializado em animais marinhos, Carlos Yaipén, preocupa-se com o fato de que em 2012, quase 850 golfinhos morreram e teme que esteja acontecendo uma repetição do fato.

A primeira suspeita seria de que uma alga tóxica teria atingido os animais, mas Yaipén destacou que esta possibilidade "não tem base científica" porque humanos que se alimentam das espécies marinhas da região, teriam sido afetados. O veterinário não descarta que os golfinhos tenham morrido em conseqüência do impacto acústico da exploração de empresas de petróleo da região.

Bookmark and Share


TAGS » Peru, Animais, Golfinhos