Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 07/02/2014
  • 08:49
  • Atualização: 09:30

Coreia do Sul alerta a do Norte para não cancelar reuniões familiares

Reuniões entre famílias separadas pela guerra da península está marcada para 20 a 25 deste mês

  • Comentários
  • Agência Brasil

A presidenta da Coreia do Sul, Park Geun-Hye, alertou hoje a Coreia do Norte para não cancelar o acordo de organização, de 20 a 25 deste mês, de reuniões entre famílias separadas pela guerra da península. O alerta da chefe de Estado é feito um dia depois de Pyongyang ter admitido a possibilidade de cancelar o evento se Seul e Washington insistirem na realização de manobras militares que o Norte considera ofensivas.

Na quarta-feira, os dois países tinham acertado a volta das reuniões um reencontro entre famílias separadas pela guerra na península, já realizado 18 vezes. Elas já tiveram a participação de cerca de 22 mil pessoas, de ambos os lados, mas não ocorrem desde 2010.

“A Coreia do Norte não deve ferir as famílias separadas outra vez”, disse Park Geun-Hye, ao destacar que a reunião vai estimular a reconciliação na Península Coreana. Ela manifestou, contudo, preocupação com a recente execução do antigo número 2 do regime, o tio de Lim Jong-un, Jang Song-Thaek.


Bookmark and Share