Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 07/02/2014
  • 16:40
  • Atualização: 17:03

Demanda de energia no RS bate quarto recorde em 2014

Se consumo superar 7,1 mil MW, podem ocorrer cortes para equilibrar o sistema, diz CEEE

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

Pela quarta vez desde janeiro, a demanda instantânea de energia elétrica no Rio Grande do Sul bateu recorde na tarde da última quinta-feira. Às 13h52min, a marca alcançou 6.902 MW (megawatts), sob temperatura ambiente de 38,2°C. O maior índice registrado anteriormente foi em 23 de janeiro, quando o sistema alcançou 6.765 MW às 14h32min, com 36,8°C.

No final de dezembro passado, quando o calor contribuiu para o rompimento de um cabo, deixando meio milhão de gaúchos sem luz, o diretor de Distribuição da CEEE, Guilherme Barbosa, havia informado que companhia tinha capacidade para 6,8 mil MW. O marcador foi atualizado e agora chega a 7,1 mil MW.

Caso haja a superação da marca, Barbosa admitiu que podem haver cortes seletivos momentâneos para equilibrar o sistema todo. Disse ainda que na hipótese de ocorrer a superação, o sistema nacional, interligado ao gaúcho, passa a auxiliar no abastecimento do Estado.

O presidente do Grupo CEEE, Gerson Carrion, ressaltou, em nota encaminhada à imprensa, hoje, que “investimentos já realizados e em andamento têm ampliado a confiabilidade e a robustez do sistema elétrico gaúcho”.

Demanda de energia aumentou 75% em 14 anos
Servidores do Centro de Operação do Sistema (COS) do Grupo CEEE começaram a monitorar em 2000 o fluxo de energia em território gaúcho. Há 15 anos, o recorde de consumo foi de 3.846 MW. A marca batida ontem revela que a demanda aumentou em mais de 79% em uma década e meia.

Bookmark and Share