Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 08/02/2014
  • 11:53
  • Atualização: 11:55

BM avaliará reforço em garagens apenas após o Gre-Nal

Decisão judicial autoriza uso da força policial para liberar saída de ônibus na segunda

Decisão judicial autoriza uso da força policial para liberar saída de ônibus na segunda | Foto: Tarsila Pereira

Decisão judicial autoriza uso da força policial para liberar saída de ônibus na segunda | Foto: Tarsila Pereira

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

A Brigada Militar está focado no Gre-Nal deste domingo, às 19h30min, na Arena do Grêmio, e deixará para avaliar um eventual reforço de policiamento nas garagens dos ônibus de Porto Alegre apenas após o clássico. Nessa sexta, uma decisão liminar do juiz Elson Rodrigues da Silva Junior, da 10 Vara do Trabalho, da Justiça do Trabalho de Porto Alegre, impede que piquetes e outros movimentos bloqueiem a saída dos veículos partir da próxima segunda-feira.

A solicitação foi feita pelo Sindicato das Empresas de Ônibus de Porto Alegre (Seopa). A medida judicial autoriza, inclusive, a utilização de força policial, caso haja necessidade.

O comandante do Comando de Policiamento da Capital (CPC), coronel João Diniz Godoy, disse que ainda não recebeu nenhuma solicitação para segunda-feira. “Os rodoviários têm 48 horas para sair das garagens. Vencido esse prazo, se necessário for, será solicitado o apoio. Não fomos solicitados ainda. Se eu tiver alguma coisa, vou começar a fazer depois que terminar o Gre-Na”, afirmou.

Neste sábado, Porto Alegre entrou no 13º dia de greve da categoria e, mais uma vez, nenhum ônibus circulou pela cidade. Na segunda, os rodoviários farão mais uma assembleia, às 19h30min, para avaliar os rumos da paralisação.

Com informações da repórter Stephany Sander


Bookmark and Share


TAGS » Greve, Geral, Ônibus