Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 10/02/2014
  • 10:03
  • Atualização: 14:27

Prefeito de Jacutinga deve decretar situação de emergência após temporal

Vendaval na noite de domingo deixou mais de 100 casas destelhadas

Vendaval provocou estragos pela cidade | Foto: Priscila C. Zimmermann / Especial /CP

Vendaval provocou estragos pela cidade | Foto: Priscila C. Zimmermann / Especial /CP

  • Comentários
  • José Adelar Ody / Correio do Povo

A segunda-feira está servindo para a população de Jacutinga, na região Alto Uruguai, a 30 quilômetros de Erechim, recuperar os estragos deixados por forte vendaval seguido de chuvas registrado no início da noite de domingo. Por causa de novas legislação da Defesa Civil, o município terá que realizar um minucioso levantamento sobre os prejuízos, para só então decretar situação de emergência ou não.

O prefeito disse que terça-feira ou no máximo quarta-feira vai decretar situação de emergência, mas antes, precisa detalhar todos os prejuízos para justificar a medida.

O prefeito relatou que tratava-se de uma nuvem muito pequena anunciando a chuva. “Já tinha até passado, mas na divisa com o município de Quatro Irmãos, retornou e provocou uma espécie de tornado”, disse. Segundo Lodéa, cerca de 100 casas, lojas e prédios públicos foram atingidas com destelhamos parciais.

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Dr. Darvile Dall'Oglio e o Prédio 2 da administração municipal, onde funcionam a Tesouraria do município e a Secretaria Municipal de Educação, foram atingidos. Com os destelhamentos, a chuva atingiu computadores, documentos, xerocadora e outros equipamentos nas duas repartições do município. Um escritório contábil sobre uma agência bancária teve suas vidraças quebradas e móveis danificados.

O Asilo Santo Antônio também sofreu avarias no telhado, mas ninguém teve que abandonar o prédio. Segundo os bombeiros voluntários, o vento de cerca de cinco minutos, seguido de 15 de chuvas, arrancaram árvores, placas e derrubaram alguns postes de energia que foi restabelecida após trabalhos da companhia de energia.

A prefeitura distribuiu quatro bobinas de lonas. Os trabalhos se prolongaram até por volta da 1h da madrugada. Apesar da violência do vendaval, nenhuma pessoa ferida. Jacutinga tem 3.720 habitantes sendo que 70% residem na área urbana. No interior não foram registrados problemas por causa do temporal da noite de domingo. Em Erechim, no sábado no final da tarde, também ocorreram duas fortes pancadas de chuva, interrompendo por duas vezes uma partida de futebol no Colosso da Lagoa, mas os bombeiros não chegaram a ser acionados para nenhuma ocorrência.

Bookmark and Share