Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 10/02/2014
  • 21:26
  • Atualização: 21:34

Servidores dos Correios mantêm categoria em greve

Paralisação provoca atraso no envio de quase 800 mil correspondências no RS

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

Trabalhadores dos Correios no Rio Grande do Sul decidiram, nesta segunda-feira, manter a greve e marcaram mais uma assembleia para a próxima quarta-feira, às 13h30min, no piquete da avenida Sertório. O Sindicato deve oferecer ônibus da frente do prédio-sede para deslocamento da categoria ao encontro. O debate sobre a gratuidade do plano de saúde, com a troca do CorreiosSaúde pelo Postal Saúde, definida pelo governo federal, é o principal motivo da paralisação, que hoje completou 12 dias.

No segundo mutirão em fim de semana desde que parte dos trabalhadores entrou em greve, os Correios conseguiram despachar 906.705 objetos de um total de 1,7 milhão postagens pendentes no Rio Grande do Sul. O trabalho contou com a participação de 1.367 empregados, incluindo ocupantes de cargos administrativos e de chefia.

A partir desta segunda, o Sindicato precisou cumprir a determinação do ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Márcio Eurico Vitral Amaro, de manter efetivo mínimo de 40% das equipes em atividade nas unidades da empresa, sob pena de multa diária de R$ 50 mil. Na semana passada, a Justiça também proibiu os sindicatos de impedir o acesso dos empregados ao local de trabalho, assim como a execução normal das atividades, no Amazonas, na Paraíba, no Piauí e no Rio Grande do Sul.

No RS, a adesão é de 13% dos 8,6 mil empregados, garante a estatal. Já o Sindicato fala em 70% de adesão. Todas as agências estão abertas e todos os serviços, inclusive o SEDEX, estão disponíveis – com exceção dos serviços de entrega com hora marcada em algumas localidades. Os trabalhadores entraram em greve exigindo, além da manutenção gratuita do plano CorreiosSaúde, reembolso-creche, implantação da entrega matutina – em fase de piloto em outros Estados –, e manutenção da mesa de negociações.


Bookmark and Share