Porto Alegre, quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

  • 11/02/2014
  • 08:18
  • Atualização: 08:25

Banco britânico demitirá entre 10 mil e 12 mil funcionários

Barclays aumentará os bônus dos executivos em 10%

  • Comentários
  • AFP

O banco britânico Barclays anunciou nesta terça-feira que pretende suprimir este ano entre 10.000 e 12.000 postos de trabalho em todo o mundo. Com 139 mil funcionários, a instituição registrou em 2013 um lucro líquido de 540 milhões de libras (886 milhões de dólares), contra um prejuízo líquido de 624 milhões em 2012.

Do total de demissões, 7 mil acontecerão na Grã-Bretanha, afirmou o CEO Antony Jenkins. O anúncio dos cortes acontece no mesmo momento em que o banco revela que pretende aumentar os bônus dos executivos em 10%, a 2,378 bilhões de libras (3,8 bilhões de dólares).

"No Barclays acreditamos na remuneração com base no mérito e isto permitirá garantir que temos as pessoas adequadas nos postos corretos", justificou o banco em um comunicado. O tema dos bônus aos executivos de bancos continua sendo muito polêmico no Reino Unido.

O Barclays considera que após uma "análise atenta", o aumento dos bônus é do "interesse a longo prazo dos acionistas". O banco volta a estar no centro da polêmica após o anúncio no domingo por uma autoridade de regulação britânica da abertura de uma investigação sobre o roubo e a venda de dados confidenciais de milhares de clientes.


Bookmark and Share