Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 12/02/2014
  • 14:48
  • Atualização: 15:01

Emergências de hospitais da Capital apresentam superlotação

Hospital de Clínicas tem restrição no atendimento pelo terceiro dia consecutivo

  • Comentários
  • Cláudio Isaias / Correio do Povo

As emergências dos hospitais de Porto Alegre voltaram a apresentar superlotação nesta quarta-feira. A do Hospital de Clínicas apresentou restrição no atendimento pelo terceiro dia consecutivo devido à superlotação. Apenas pacientes em estado grave ou encaminhados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estavam sendo atendidos no local.

O chefe do Serviço de Emergência do Hospital de Clinicas, Ricardo de Souza Kuchenbecker, informou que os casos graves estão sendo orientados a buscar outros hospitais. No início da manhã, a emergência adulta atendia 92 pessoas, sendo que a capacidade é para 49 vagas. Na ala pediátrica, eram dez crianças para nove leitos. A administração do hospital, considerou a segunda-feira o dia mais complicado, quando 145 pessoas foram assistidas na emergência.

A maioria dos doentes foi atendida em macas, cadeiras de rodas e cadeiras comuns, também em corredores e consultórios. A administração do hospital pede que a população colabore e evite dirigir-se à instituição em casos mais simples, procurando outros hospitais ou postos de saúde.

A situação não é diferente em outros hospitais de Porto Alegre. Nesta manhã, no Hospital Nossa Senhora da Conceição, a emergência estava com 104 pacientes para 60 leitos. Na área infantil do Criança Conceição, eram 16 crianças para 14 vagas. A administração informou que a emergência permanece aberta e que não será restringido o atendimento dos pacientes. Os casos não graves eram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Moacyr Scliar, que funciona na zona Norte da cidade.

No Hospital São Lucas da PUCRS, a emergência estava com 29 pacientes para 13 leitos. Alguns foram acomodados em cadeiras. Já a unidade pediátrica estava com cinco pacientes para seis leitos. Na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, a administração do hospital informou que a emergência do Sistema Único de Saúde (SUS) do Hospital Santa Clara está com 37 pacientes em um local com 26 leitos. A administração informou que existe restrição no atendimento. Estão sendo aceitos somente casos graves. Já a emergência adulta de convênio do Hospital Dom Vicente Scherer tem 12 pessoas em atendimento nos 14 leitos.

Bookmark and Share