Correio do Povo

Porto Alegre, 2 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
14º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

13/02/2014 08:35 - Atualizado em 13/02/2014 08:43

Pequim é considerada "imprópria para viver" devido à poluição

Levantamento foi feito pela Academia de Ciências Sociais de Xangai

Crédito: WANG ZHAO / AFP / CP " alt="Poluição do ar torna cidade "imprópria para viver"
Crédito: WANG ZHAO / AFP / CP " title="Poluição do ar torna cidade "imprópria para viver" Crédito: WANG ZHAO / AFP / CP " />
Poluição do ar torna cidade "imprópria para viver"
Crédito: WANG ZHAO / AFP / CP
Poluição do ar torna cidade "imprópria para viver"
Crédito: WANG ZHAO / AFP / CP

A capital chinesa, Pequim, ficou em penúltimo lugar em uma avaliação sobre a qualidade ambiental em 40 cidades globais, sendo considerada "imprópria para viver", informou nesta quinta a imprensa oficial chinesa. No levantamento, feito pela Academia de Ciências Sociais de Xangai, a capital chinesa é ultrapassada apenas por Moscou. "A grave poluição do ar tornou Pequim imprópria para viver", diz o relatório da Academia, citado pelo Diário de Xangai. Estocolmo (Suécia), Viena (Áustria) e Zurique (Suíça) ocupam os três primeiros lugares. Mais duas cidades chinesas avaliadas - Hong Kong e Xangai - aparecem no 34º e 36ºlugares, respectivamente.

Quanto à tolerância social, Pequim e Xangai estão entre as dez primeiras e na área econômica (atração e estabilidade do mercado) figuram entre as 20 primeiras. Hoje de manhã, os indicadores sobre a qualidade do ar na capital chinesa estavam no nivel considerado "altamente poluído", com a densidade das particulas PM2.5 seis vezes acima do máximo recomendado pela Organização Mundial da Saúde.


Bookmark and Share


Fonte: Agência Brasil






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.