Porto Alegre, sábado, 1 de Novembro de 2014

  • 13/02/2014
  • 12:30
  • Atualização: 12:39

Fortunati deve solicitar aprovação de projeto para ampliar Hospital de Clínicas

Dois prédios ampliariam em 70% a área da instituição

  • Comentários
  • Stephany Sander / Rádio Guaíba

Em nota oficial encaminhada na manhã desta quinta-feira, a direção do Hospital de Clínicas da Capital informa que o veto dado pela Comissão de Análise Urbanística e Gerenciamento (Cauge), na tarde de ontem, ao projeto de construção de novos prédios não deve impedir a ampliação do complexo hospitalar. De acordo com o documento, o prefeito José Fortunati declarou-se favorável à realização da obra e comprometeu-se em encaminhar à Câmara de Vereadores, para apreciação em regime de urgência, projeto de lei liberando a execução.

Nos dois prédios já projetados pelo HCPA, que ampliam sua área em 70%, haverá novas instalações para unidades críticas, como a Emergência e o Bloco Cirúrgico. O Centro de Tratamento Intensivo passará dos atuais 54 para 110 leitos. O ambulatório, que oferece diariamente 1,2 mil consultas a pacientes do Sistema Único de Saúde de todo o Estado, será ampliado e modernizado. Hemodinâmica, hospital-dia, endoscopia e fisiatria são outros exemplos de áreas assistenciais a serem beneficiadas. Como hospital universitário da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), que forma e especializa profissionais de saúde, o HCPA também investirá na ampliação de salas de aula e outros espaços para atividades didáticas (ver quadro detalhado na próxima página).

Com a futura transferência de algumas áreas para os prédios novos, haverá, ainda, liberação de espaços no edifício principal. Nestes, o Clínicas estima que poderá instalar mais 150 leitos de internação. Outra dificuldade hoje enfrentada pelos usuários será amenizada: cada um dos novos prédios terá dois subsolos com estacionamento, ampliando as atuais 180 vagas.

Bookmark and Share