Correio do Povo

Porto Alegre, 21 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
14º 24º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

14/02/2014 08:40 - Atualizado em 14/02/2014 08:54

Memorial Luiz Carlos Prestes deve ser concluído até abril

Obra será a primeiro projeto de Oscar Niemeyer concluído no Brasil após sua morte

Maquete mostra o projeto desenhado e doado por Niemeyer em 2008<br /><b>Crédito: </b> Reprodução / CP
Maquete mostra o projeto desenhado e doado por Niemeyer em 2008
Crédito: Reprodução / CP
Maquete mostra o projeto desenhado e doado por Niemeyer em 2008
Crédito: Reprodução / CP

Originalmente previsto para estar concluído em novembro do ano passado, o Memorial Luiz Carlos Prestes, primeira obra assinada pelo arquiteto Oscar Niemeyer na Capital, só ficará pronto no final de abril. A inauguração, no entanto, ainda não tem data definida. O atraso na conclusão ocorreu devido a uma mudança nos planos. O escritório do falecido arquiteto, hoje comandado pelo bisneto de Niemeyer, exigiu que a iluminação do memorial fosse feita por Peter Gasper, autor do projeto de iluminação do Sambódromo do Rio de Janeiro. A contratação ocorreu após uma série de reuniões entre os patrocinadores do projeto.

Além de ser o primeiro prédio de Niemeyer em Porto Alegre, o memorial de Prestes é o primeiro projeto do arquiteto concluído no Brasil após sua morte. O custo da obra, financiada pela Federação Gaúcha de Futebol, gira em torno de R$ 7 milhões. A construção só foi iniciada após firmada parceria com a entidade, que, em contrapartida pela cessão de parte do terreno - doado pela prefeitura da Capital em 1998 - aceitou assumir a obra. Ao lado do memorial de Prestes está sendo edificada a nova sede da federação, que deve ser concluída antes da Copa do Mundo.

O arquiteto responsável pela execução da obra, Hermes Teixeira da Rosa, informou ontem que 98% do memorial está concluído. Segundo ele, faltam apenas alguns retoques na pintura e a instalação da iluminação projetada por Gasper. Assim que o iluminador autorizar a compra dos equipamentos, que já está orçada, eles serão instalados. Luzes de led são a base do projeto. “Os leds serão colocados em volta do prédio para que, à noite, dê a impressão de que está flutuando”, explicou o arquiteto.

O topo terá canhões de luz vermelha, e a vegetação natural do local - que conta com algumas árvores - também será iluminada. O prédio do memorial conta com 750 m, e tem 6 metros de pé-direito. A parte externa, de curvas sinuosas, marca principal das obras de Niemeyer, mescla vidros espelhados e concreto. A rampa de acesso que circunda o prédio terminou de ser lixada na tarde de ontem.

Um dos filhos de Prestes, do segundo casamento, Luiz Carlos Prestes Filho, visitou a obra no início deste ano. Ele saudou ontem a sinalização de que o memorial será logo inaugurado. “Houve uma negociação muito grande para a obra ser encaminhada. Foi uma luta de mais de dez anos de um grupo de amigos do meu pai. É um grande êxito.”

Bookmark and Share


Fonte: Fernanda Pugliero / Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.