Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 14/02/2014
  • 09:56
  • Atualização: 10:43

Servidores farão paralisações em dois hospitais de Porto Alegre no dia 20

Pronto Socorro e Presidente Vargas atenderão apenas casos com risco de vida iminente

  • Comentários
  • Jerônimo Pires/Rádio Guaíba

As pessoas que necessitarem de atendimento médico na próxima quarta-feira, dia 20, não devem procurar os hospitais Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV) e o Pronto Socorro (HPS) de Porto Alegre. Os funcionários têm orientação para cruzar os braços nesse dia, anuncia o diretor da Associação dos Servidores da Secretaria Municipal da Saúde, André Behle.

A decisão foi tomada, na noite dessa quinta-feira em uma assembleia na sede do Sindicato dos Municipários (Simpa). Os trabalhadores pedem a regularização dos 40% de insalubridade. Na próxima segunda-feira, os servidores irão discutir o relatório de gestão da Secretaria.

No dia 20, equipes farão a triagem nas casas de saúde. Os casos com risco de vida iminente serão atendidos por uma equipe de plantão. O restante dos pacientes devem ser orientados a procurar outros hospitais.

Bookmark and Share