Porto Alegre, domingo, 21 de Dezembro de 2014

  • 14/02/2014
  • 14:48

Dilma diz que programa Mais Médicos precisa avançar

Presidente concedeu entrevista para emissoras de rádio de Manaus

  • Comentários
  • AE

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira que tem "muito cuidado" com o programa Mais Médicos. Segundo Dilma, o programa ainda está em processo de formação, mas precisa avançar porque "é preciso perceber que o Brasil não pode esperar e as pessoas precisam de médicos".

"O Mais Médicos foi para solucionar o fato de que pessoas precisam de atendimento de saúde e respeitoso", disse Dilma, em entrevista a emissoras locais de rádio de Manaus (AM). "Esse é um programa que coloca as pessoas no centro da questão. É um programa do meu coração e eu cuido dele todo o dia." Segundo a presidente, o Norte do País é o maior beneficiado pelo programa em razão do baixo número de profissionais na região. Dilma afirmou que, dos 62 municípios do Amazonas, 61 solicitaram profissionais pelo programa. "No total, o Amazonas pediu 406 médicos, só Manaus pediu 128", disse.

De acordo com a presidente, até o momento o Amazonas tem 281 médicos do programa atuando no Estado. "Eles vão continuar chegando progressivamente", afirmou. "Teremos mais 150 médicos no estado, o que dará um pouco mais que os 406 solicitados." Dilma disse que até abril o programa deve atingir a meta de chegar a 13 mil médicos no País. Com isso, segundo a presidente, serão beneficiados 46 milhões de pessoas que não tinham atendimento médico.

A presidente participará nesta manhã de cerimônia de entrega de 5.384 Unidades Habitacionais do Residencial Viver Melhor e anúncio de investimentos do PAC 2 Mobilidade Urbana. No período da tarde, Dilma visita as obras do Estádio Arena da Amazônia e o Barco Escola Samaúma II.

Bookmark and Share