Porto Alegre, sábado, 22 de Novembro de 2014

  • 15/02/2014
  • 09:02
  • Atualização: 09:03

Horário brasileiro de verão termina hoje

Relógios devem ser atrasados em uma hora nos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste

  • Comentários
  • Correio do Povo

O horário brasileiro de verão termina hoje. À meia-noite os relógios devem ser atrasados em uma hora nos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A medida começou a valer no dia 20 de outubro do ano passado. O governo federal ainda não divulgou os impactos da medida para o país, mas a expectativa do Ministério de Minas e Energia é de que a redução da demanda nos horários de pico, com a adoção do mecanismo, fique entre 4,5% e 5%, com redução de consumo geral do sistema de 0,5% em média.

No Rio Grande do Sul, a empresa AES Sul, que atende 118 municípios gaúchos, contabilizou uma diminuição de aproximadamente 4,5% na demanda por energia elétrica no período de pico. A redução real de consumo na área de concessão é de aproximadamente 0,5%, o que equivale ao consumo residencial de um município de 30 mil a 40 mil habitantes, como é o caso de Itaqui, Rosário do Sul, Caçapava do Sul e Estrela.

Em 264 municípios gaúchos onde a Rio Grande Energia (RGE) é responsável pelo abastecimento a redução no consumo de energia elétrica foi de 5,25% no horário de pico e de 0,63%. De acordo com a empresa, a economia no consumo só foi possível pelo aproveitamento da luz natural.

A Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) informou que ainda não concluiu o levantamento sobre a redução de consumo no Rio Grande do Sul. Os dados da empresa deverão ser divulgados na próxima semana. O horário de verão vigorou este ano no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal. As Regiões Norte e Nordeste não participaram da mudança.

Bookmark and Share