Correio do Povo

Porto Alegre, 28 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
9ºC
Amanhã
23º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

17/02/2014 18:39 - Atualizado em 17/02/2014 18:43

Mortes em desabamento na Coreia chegam a dez

Nove mortos eram estudantes, e o décimo foi apontado como um dos organizadores do evento

Mortes em desabamento na Coreia chegam a dez<br /><b>Crédito: </b> Yonhap / AFP / CP
Mortes em desabamento na Coreia chegam a dez
Crédito: Yonhap / AFP / CP
Mortes em desabamento na Coreia chegam a dez
Crédito: Yonhap / AFP / CP

Segundo equipes de resgate, pelo menos dez estudantes morreram e pelo menos 14 ainda estão soterrados depois de um desabamento de um auditório nesta segunda-feira, depois de uma forte nevasca na cidade sul-coreana de Gyeongju. Cerca de 450 estudantes participavam de um evento no local quando o teto do edifício desabou, por volta das 21h15min locais (9h15min horário de Brasília). Nove mortos eram estudantes, e o décimo foi apontado como um dos organizadores do evento. Três estudantes e 11 organizadores continuavam desaparecidos, segundo a polícia.

Mais cedo, o número de pessoas presas entre os escombros chegava a 50. Um porta-voz do corpo de bombeiros local informou à AFP por telefone que 73 pessoas tinham ficado feridas, sendo quinze delas em estado grave.

De acordo com a agência de notícias Yonhap, a polícia acredita que o número de vítimas aumentará durante a noite, mesmo que 400 socorristas estejam no local para tentar salvar os alunos.

O desabamento foi causado aparentemente pelo acúmulo de neve no telhado. Segundo a Yonhap, o inquérito vai tentar estabelecer se o excesso de neve tinha sido retirado do topo do auditório e se a estrutura do prédio respeitava os parâmetros necessários de segurança.

Bookmark and Share


Fonte: AFP






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.