Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 19/02/2014
  • 22:54
  • Atualização: 23:59

Oposição na Venezuela convoca nova marcha para sábado

Protesto defenderá desarmamento de grupos governistas acusados de violência

Oposição na Venezuela convoca nova marcha para sábado | Foto: Raul Arboleda / AFP / CP

Oposição na Venezuela convoca nova marcha para sábado | Foto: Raul Arboleda / AFP / CP

  • Comentários
  • Agência Brasil

A oposição venezuelana convocou nesta quarta-feira uma nova manifestação para o sábado. O protesto vai pedir pelo desarmamento de grupos que declaram apoiar o governo e que, segundo a oposição, foram responsáveis pelos incidentes violentos que, desde a semana passada, ocasionaram a morte de pelo menos seis pessoas.

“Não podem conviver grupos armados ilegais e a paz em sociedade. Ao governo cabe a responsabilidade de desarmar estes grupos”, defendeu o responsável da Mesa da Unidade Democrática, Ramón Guillermo Aveledo, em uma coletiva de imprensa. Aveledo disse que a marcha será pacífica e que não há qualquer desculpa para impedir a sua realização, em referência à exigência do governo de emitir uma autorização para as manifestações.

O clima de tensão agravou-se na Venezuela nesta terça-feira, com a entrega às autoridades de Leopoldo López, dirigente do partido de oposição Vontade Popular, acusado pelo governo de promover atos de violência para forçar a saída do presidente Nicolás Maduro.

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, lamentou as perdas humanas e os incidentes de violência na Venezuela e apelou para o diálogo entre os implicados relevantes. O responsável pela ONU disse ter tomado nota das preocupações expressadas pelos governos da região e disse esperar que o diálogo permita conseguir pacificamente as mudanças pelas quais o país atravessa atualmente.

Já o diretor para o Continente Americano da Human Rights Watch, José Luís Vivanco, criticou o silêncio dos governos da região sobre os protestos contra o governo de Nicolás Maduro.

Bookmark and Share