Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 20/02/2014
  • 00:47
  • Atualização: 00:52

Briga em acampamento cigano deixa um morto e três feridos

Polícia de Canela apreendeu grande quantidade de armas no local

  • Comentários
  • Halder Ramos / Correio do Povo

Uma briga possivelmente motivada por ciúmes deixou um morto e três feridos na tarde desta quarta-feira, em um acampamento cigano no bairro São Lucas, em Canela. Entre os feridos, está uma criança que foi atingida por um disparo de arma de fogo. Dieque Alves, 23 anos, morreu ao levar um tiro na cabeça.

O delegado Ivanir Caliari, que responde interinamente pela DP de Canela, observa que o grupo estava consumindo bebidas alcoólicas no acampamento quando ocorreu o desentendimento.

Segundo o delegado, existem diferentes versões sobre o fato. “Os dois homens estavam alcoolizados e teriam iniciado a briga. Um agrediu o outro com um facão e, para defender o companheiro, uma mulher teria atirado e matado o agressor. Não temos a real motivação do desentendimento, mas apuramos ter sido por ciúmes”, afirma Caliari.

O homem ferido por golpes de facão e a criança foram encaminhadas ao Hospital de Caridade de Canela. O adulto está em estado grave e a criança não corre risco de morte. O homem está sob proteção policial no HCC, já que familiares da vítima fatal ameaçam matar o sobrevivente. Já a mulher que seria a responsável pelos disparos, fugiu por medo de represálias. Segundo o delegado, ela também foi ferida por arma branca e deve ser autuada por homicídio.

No acampamento, a polícia encontrou grande quantidade de armas. Foram apreendidos duas espingardas calibre 12, dois revólveres calibre 38, um 32 e um 357, além de farta munição e facões. “Todas as armas de fogo estavam escondidas em uma barraca”, diz Caliari.

Bookmark and Share


TAGS » Polícia