Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 20/02/2014
  • 10:10
  • Atualização: 11:08

Prefeito de Kiev abandona partido e denuncia "banho de sangue"

Últimos confrontos já registram pelo menos 25 mortos

Últimos confrontos já registram pelo menos 25 mortos | Foto: Louisa Gouliamaki / AFP / CP

Últimos confrontos já registram pelo menos 25 mortos | Foto: Louisa Gouliamaki / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O prefeito de Kiev anunciou nesta quinta-feira que abandona o partido do presidente Viktor Yanukovytch, como forma de protesto contra o “banho de sangue e a luta fratricida” no centro da capital ucraniana. “Estou disposto a tudo para deter a luta fratricida e o banho de sangue no coração da Ucrânia, na Praça da Independência”, disse Volodimir Makeienko. “A vida humana deve ser o valor supremo de nosso país, e nada deve contradizer este princípio”, acrescentou o prefeito, informando que abandona o Partido das Regiões, no poder.

O Ministério do Interior ucraniano pediu nesta quinta-feira que os habitantes de Kiev não saiam de casa ou se dirijam ao centro da cidade, palco de confrontos entre manifestantes e forças antidistúrbios e onde os tiroteios deixaram 25 mortos. “Neste momento mais vale limitar os deslocamentos em carros particulares e não sair às ruas. Há pessoas armadas com intenções agressivas nas ruas de Kiev”, informou o ministério em um comunicado.





Bookmark and Share