Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 21/02/2014
  • 21:51
  • Atualização: 22:00

Islândia vai retirar candidatura de ingresso na União Europeia

Partidos vão cancelar até mesmo referendo para população definir política externa

  • Comentários
  • AFP

A Islândia decidiu retirar sua candidatura à União Europeia (UE) antes da realização do referendo inicialmente prometido pelos dois partidos que dividem o poder. As siglas Progresso (centro) e Independência (direita) chegaram a um acordo sobre um projeto de lei que pede ao governo que "retire a candidatura de adesão à União Europeia", apresentada pelo país em 2010.

O anúncio não é uma surpresa. O governo islandês já havia dissolvido as instâncias de negociação, cujos trabalhos se encontravam suspensos desde o início da campanha para eleições legislativas em 2013.

Os dois partidos da coalizão governista haviam prometido em maio deixar que os cidadãos decidissem sobre a entrada no bloco econômico por meio de um referendo. Segundo as pesquisas de opinião, a maior parte dos eleitores votaria pelo "não", entretanto.


Bookmark and Share