Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 22/02/2014
  • 08:02
  • Atualização: 08:12

Presidente da Ucrânia deixa Kiev, diz líder de oposição

Viktor Yanukovych teria se deslocado para o leste do país

Manifestantes seguem protestando em Kiev | Foto: Louisa Gouliamaki / AFP / CP

Manifestantes seguem protestando em Kiev | Foto: Louisa Gouliamaki / AFP / CP

  • Comentários
  • AE e AFP

O presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovych, não está mais em Kiev, informou o líder da oposição Vitali Klitschko. "Ele saiu da capital", disse ao Parlamento, após reportagens locais sugerirem que Yanukovych havia se deslocado para o leste do país. O líder oposicionista também pediu que as eleições sejam antecipadas para antes de 25 de maio.

Segundo um diplomata americano, Yanukovytch foi a Kharkiv para uma reunião. O funcionário recordou que esta região da Ucrânia é o feudo político do chefe de Estado.

O diplomata americano se manifestou sobre os boatos de uma "fuga" de Yanukovytch de Kiev após ter fechado um acordo com a oposição: "não é raro que após uma decisão importante, o presidente visite o leste, onde tem sua base, mas não tenho condição de opinar".

Os confrontos em Kiev deixaram ao menos 80 mortos e dezenas de feridos nesta semana. A crise na Ucrânia explodiu em novembro, após Yanukovytch suspender as negociações sobre um acordo de associação com a União Europeia e reforçar os laços do país com a Rússia.

Oposição preside Parlamento

Neste sábado, o braço direito da opositora ucraniana Yulia Timoshenko, Olexander Turchinov, foi eleito presidente do Parlamento ucraniano, em substituição a uma pessoa ligada ao chefe de Estado Viktor Yanukovytch. Turchinov recebeu 288 votos de um total de 450.

O ex-presidente do Parlamento, Volodymyr Rybak, renunciou depois que vário deputados do Partido das Regiões, a formação de Yanukovytch, deixaram o partido. "As autoridades da Ucrânia retomam o trabalho para estabilizar a situação", declarou.

Bookmark and Share