Porto Alegre, quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

  • 24/02/2014
  • 21:15
  • Atualização: 22:09

Maduro anuncia captura de “mercenário” que preparava “carros-bomba”

Conforme presidente da Venezuela, homem frequentava bairros de classe média alta

Maduro anuncia captura de "mercenário" que preparava "carros-bomba" | Foto: Juan Barreto / AFP / CP

Maduro anuncia captura de "mercenário" que preparava "carros-bomba" | Foto: Juan Barreto / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta segunda-feira a captura de um "mercenário procedente do Oriente Médio" que se propunha a montar carros-bomba, com base nos protestos contra o governo.

"Foi capturado se movendo em bairros de classe média alta em Maracay (Estado de Aragua). Estava preparando a colocação de carros-bomba para encher nosso país de violência", disse Maduro em um ato sindical transmitido em rede nacional.

O presidente destacou que o "mercenário trazido do Oriente Médio" possuía "11 telefones internacionais e planos violentos"; e que as autoridades estão atrás de "pistas sobre vários" outros terroristas. No Twitter, o governador de Aragua, Tareck El Aissami, confirmou a detenção de "um cidadão chamado Jayssam Mokded Mokded com base em provas contundentes sobre atos terroristas"

"Em um veículo blindado, foram encontrados 13 equipamentos eletrônicos e dispositivos de comunicação para os EUA e Colômbia", disse Aissami. O governador de Aragua afirmou que entre o material encontrado "estão documentos que vinculam o suspeito a uma empresa de Miami" e "comprovantes de pagamentos de milhares de dólares".

Ao menos 14 pessoas morreram, oito por disparos de armas de fogo, e mais de 140 ficaram feridas em incidentes ligados aos protestos contra o governo, que sacodem há três semanas as principais cidades da Venezuela.

Bookmark and Share