Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 26/02/2014
  • 18:12
  • Atualização: 18:16

Monitoras de educação infantil da Capital paralisam atividades

Ação deve ocorrer em todas as 43 creches municipais

  • Comentários
  • Voltaire Porto/Rádio Guaíba

Cerca de 300 monitoras da rede municipal de educação infantil de Porto Alegre vão paralisar as atividades no dia 10 de março. A iniciativa se estenderia a todas 43 creches e escolas da Prefeitura que atendem aproximadamente cinco mil crianças.

O objetivo das monitoras, que são concursadas, é fazer pressão nas galerias da Câmara Municipal na data em que os vereadores vão apreciar o veto do prefeito José Fortunati ao projeto de lei que elevou a categoria ao padrão 7. Hoje, as servidoras, enquadradas no padrão 6, recebem cerca de R$1.070,00 e, no padrão 7, a remuneração é de R$1.280,00.

A substituição de nível foi aprovada por unanimidade pelo plenário da Câmara, mas ganhou resistência na administração municipal.

Bookmark and Share