Correio do Povo

Porto Alegre, 3 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
14º 21º


Faça sua Busca


Notícias > Economia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

26/02/2014 21:51 - Atualizado em 26/02/2014 21:58

Indústria avalia que alta de 0,25% indica fim do ciclo de aumentos dos juros

CNI sugere ao governo combater inflação com corte nos gastos públicos a partir de agora

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) analisou como positiva a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) de aumentar a taxa básica de juros (Selic) para 10,75% ao ano. Segundo a entidade, a redução do ritmo de alta indica que o ciclo de elevação está perto do fim.

“Após seis acréscimos consecutivos de 0,5 ponto percentual, a decisão do Copom, de aumentar a taxa básica em 0,25 ponto percentual, pode sinalizar o encerramento do ciclo de elevação dos juros”, reforçou nota da CNI. A confederação avalia que, apesar de a inflação ainda registrar níveis preocupantes, atenuar o crescimento dos juros não prejudicará o combate aos aumentos de preços. Na avaliação da CNI, os efeitos das últimas elevações dos juros básicos sobre os índices de inflação ainda estão por vir.

A entidade defendeu que o governo use outros instrumentos para desaquecer a economia e conter a inflação, como o corte de gastos públicos. “O ônus do combate à inflação não pode recair totalmente sobre o setor produtivo. Para um controle inflacionário eficiente, outros instrumentos de política econômica devem ser utilizados, como a redução do déficit fiscal”, destacou a nota.


Bookmark and Share

Fonte: Agência Brasil





» Tags:Economia Selic Juros

O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.