Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 28/02/2014
  • 15:17
  • Atualização: 15:42

Filhotes de pinguim trocam as penas em zoo da Serra

Animais se preparam para o inverno e terão a coloração do tradicional “smoking”

Filhotes de pinguim fazem primeira troca de penas no Gramadozoo | Foto: Halder Ramos / Especial CP

Filhotes de pinguim fazem primeira troca de penas no Gramadozoo | Foto: Halder Ramos / Especial CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Os pinguins de magalhães do Gramadozoo estão trocando de traje, ou melhor, de penas. Enquanto os animais adultos iniciaram o período anual de renovação das penas, os filhotes fazem a primeira troca em preparação para vestir a nova roupa.

Com um ano e dois meses, as aves nascidas no parque passarão a “vestir” smoking. “Os filhotes tem uma coloração característica com as penas mais acinzentadas. Depois de adultos, os traços em preto e branco ficam mais definidos”, descreveu o veterinário Renan Alves Stadler, responsável técnico do local.

Conforme Stadler, os pinguins podem ficar até quatro semanas sem comer durante o período de troca. “Eles armazenam gordura antes de começar a mudança de penas”, contou. Segundo ele, as aves receberam suplementação alimentar e medicação em preparação para a fase de troca.

O veterinário explicou que os animais podem ter uma baixa na imunidade. “No período, os animais não entram na água, já que ficam sem a proteção das penas e mais suscetíveis ao frio. Além de renovar as penas, a troca é uma preparação para aguentar o inverno.”

Para explicar sobre a troca anual, educadores ambientais do Gramadozoo realizam atividades ocupacionais junto ao local dos pinguins. Os visitantes podem acompanhar as explicações durante todo o feriadão de Carnaval.

Bookmark and Share