Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 06/03/2014
  • 07:35
  • Atualização: 07:53

Tribunal de Justiça condena Vanazzi por improbidade

Ex-prefeito de São Leopoldo vai recorrer da acusação de usar verba em evento

TJ condena Vanazzi por improbidade | Foto: Ricardo Giusti / CP Memória

TJ condena Vanazzi por improbidade | Foto: Ricardo Giusti / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo

O ex-prefeito de São Leopoldo, e atual presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Ary Vanazzi, foi condenado pelo Tribunal de Justiça (TJ) do Rio Grande do Sul por improbidade administrativa. A Justiça entendeu que a Prefeitura de São Leopoldo não poderia ter destinado recursos para o IV Fórum de Juventude, realizado em 2007, pois o evento teria sido utilizado para promoção do próprio Partido dos Trabalhadores. Na decisão, expedida no último dia 28, os três desembargadores apontam que há "prova do cunho político do evento, custeado pelos cofres públicos", apontando que Vanazzi deve ressarcir o município de São Leopoldo no valor total de R$ 33.630,00, corrigidos por juros. Além dos valores, Vanazzi é condenado com a perda dos direitos políticos por três anos, pena que “resta prejudicada, na medida em que, hoje, o réu já não é mais prefeito”, conforme decisão.

Vanazzi, hoje presidente estadual do PT, disse através de suas contas em redes sociais, que lamentava a decisão e afirma que o encontro contou com participantes de entidades de 12 países, sendo que, ao menos, metade dos cerca de 600 jovens não eram nem brasileiros. Para Vanazzi, há teor ideológico na decisão por se tratar de encontro em que participam em geral militantes de esquerda.

“Evidente que quando tem denúncias, o Ministério Público tem que fiscalizar. Agora, acho que há também um peso muito grande do ponto de vista ideológico nesse debate. Como o encontro tem característica de se contrapor ao Fórum de Davos, reunia pensadores mais de esquerda, mas não só do PT, de vários partidos de esquerda e de centro, da própria Europa e América Latina”, afirmou Vanazzi, garantindo que ingressará com recurso no Superior Tribunal de Justiça. O IV Fórum da Juventude ocorreu entre 22 e 25 de março de 2007, como preparativo ao Fórum Social Temático daquele ano.

Bookmark and Share


TAGS » Política, PT