Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

  • 07/03/2014
  • 23:00
  • Atualização: 23:14

RS terá predomínio de sol e temperaturas agradáveis neste sábado

Serra, Grande Porto Alegre e Litoral podem ter alguma instabilidade

  • Comentários
  • Metsul

O sol aparece na maioria das regiões do Rio Grande do Sul no decorrer deste sábado, mas parte do Estado terá maior nebulosidade. É o caso do Nordeste, o que inclui a Serra, Grande Porto Alegre e o Litoral Norte. Nestas áreas, é maior a chance de que chova ao menos em parte do dia.

Já nas demais regiões, a possibilidade de instabilidade é muito isolada e mais concentrada na Metade Norte. O dia começa até com um pouco de frio na Campanha e nos Aparados, mas a tarde tende a ser agradável em quase todos municipios gaúchos.

As mínimas são baixas, com 10°C em São José dos Ausentes e 11°C em Vacaria. As máximas, por sua vez, devem chegar aos 30°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 18°C e 27°C.

O NOAA (Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera), órgão oficial de previsão de tempo e clima do governo dos Estados Unidos, emitiu um “El Niño watch”. Significa que nos próximos seis meses existe a possibilidade de instalação do fenômeno de águas mais quentes que a média na superfície do Pacífico Equatorial.

Historicamente, eventos de El Niño trazem chuva acima da média no Estado, sobretudo no inverno e na primavera no primeiro ano do episódio. Em 2009, choveu demais entre agosto e novembro no último El Niño.

O aviso do NOAA não é surpresa. Desde o final do ano passado modelos de clima já começavam a sinalizar que em 2014 o “menino” poderia retornar e as projeções mantiveram até agora a tendência.

Como as projeções para o Pacífico Equatorial nesta época do ano são menos confiáveis é cedo tanto para garantir que haverá El Niño como seria sua intensidade em caso de caracterização de um episódio mais tarde neste ano. O último evento de El Niño foi entre 2009/2010, seguido de um episódio de La Niña e de um quadro de neutralidade (vulgarmente chamado de La Nada) nos últimos dois anos.

Bookmark and Share