Porto Alegre, terça-feira, 25 de Novembro de 2014

  • 09/03/2014
  • 15:27
  • Atualização: 15:37

Ataque suicida deixa quase 40 mortos no Iraque

Apenas em 2014, média de mortes por terrorismo chega a 26 por dia

  • Comentários
  • AFP

Um suicida explodiu neste domingo um micro-ônibus numa fila de carros em uma barreira policial no Sul de Bagdá, matando ao menos 37 pessoas e ferindo outras 165, de acordo com fontes médicas e da segurança.  Cinco policiais, duas mulheres e cinco crianças estão entre os mortos deste atentado que aconteceu em um momento de intenso tráfego na entrada Norte da cidade de Hilla, a 95 quilômetros de Bagdá.

A rede de televisão estatal Al-Iraqiya indicou que dois de seus assistentes de cinegrafista, Muthanna Abdelhussein e Khaled Abed Thamer, também morreram no ataque. “Eu vi uma enorme bola de fogo cobrir toda a barreira policial e os carros ao redor”, relatou Salam Ali, ferido no peito e na mão, depois de ter sido transferido para o hospital de Hilla. “Muita gente não conseguiu sair do seu veículo”, acrescentou.

Kazem Abdelhussein, outra testemunha de 18 anos, disse que viu peças metálicas que formavam a estrutura da barreira se soltarem e voarem por vários metros do local do atentado. No resto do país, cinco pessoas foram mortas em diferentes ataques neste domingo, incluindo dois soldados em um posto de controle em Abu Ghraib, a oeste de Bagdá.

Mais de 1,8 mil pessoas morreram no país em atos violentos desde o início do ano, segundo um balanço da agência de notícias AFP elaborado com fontes médicas e dos serviços de segurança – uma média de 26 mortes por dia.

Bookmark and Share