Correio do Povo

Porto Alegre, 20 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
19ºC
Amanhã
11º 19º


Faça sua Busca


Notícias > Economia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

11/03/2014 10:48 - Atualizado em 11/03/2014 10:55

Porto Alegre tem maior inflação semanal entre capitais, aponta FGV

Alimentação puxou IPC-S de março para 0,8%

Porto Alegre teve a maior alta da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) entre as capitais brasileiras no início de março. Conforme pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV), realizada entre a última semana de fevereiro e a primeira de março, a taxa aumentou 0,16 ponto percentual na capital gaúcha, passando de 0,64% - apontado no período anterior - para 0,8%, atualmente.

A alimentação foi a principal responsável pela alta verificada em Porto Alegre. Conforme a FGV, o grupo de alimentos registrou variação de 1,38% no período pesquisado. As hortaliças e legumes tiveram inflação de 13,10%, com destaque para alface, cujo índice foi de 33,36%. A cebola sofreu aumento de 15,81% e o tomate de 10,06%.

A carne bovina também teve grande influência no IPC-S da primeira semana de março na Capital. A categoria subiu 4,49% no período. Dentre os cortes, a maior pressão foi exercida pela “carne moída”, com 5,17%. Mas a maior variação foi verificada em relação ao “coxão de dentro”, com inflação de 10,87%.

O IPC-S da primeira semana de março avançou também em outras três capitais. São Paulo teve alta da inflação semanal de 0,14 ponto percentual (passou de 0,55% para 0,69%), Rio de Janeiro registrou 0,1 ponto percentual (de 1,14% para 1,24%) e Salvador 0,05 ponto percentual (de 0,36% para 0,41%).


Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo e Agência Brasil






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.