Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 11/03/2014
  • 13:48
  • Atualização: 14:12

Conflito na Síria deixa mais de 5 milhões de crianças afetadas

Relatório da ONU afirma que número duplicou no terceiro ano de guerra

  • Comentários
  • AFP

O número de crianças afetadas pela guerra na Síria duplicou durante o terceiro ano do conflito e alcança os 5,5 milhões de menores, segundo relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), que foi publicado nesta terça-feira.

No documento, com o título "Em estado de sítio - três anos de conflito devastador para as crianças na Síria", a Unicef afirma que há um milhão de crianças em áreas sitiadas ou inalcançáveis que requerem mais ajuda humanitária. Além disso, fora do país 1,2 milhão de crianças estão refugiadas e vivem em condições nas quais a água potável, a comida e o acesso à educação são limitados.

"Privados de ajuda, vivendo entre escombros e lutando para achar alimentos, inúmeras crianças sírias se encontram sem qualquer proteção, ajuda médica ou apoio psicológico e têm pouco ou nenhum acesso à educação", segundo o informe. "Nos piores casos, mulheres grávidas e crianças foram deliberadamente feridos ou assassinados por franco-atiradores", acrescenta.

Conforme a Unicef, o documento ilustra os profundos traumas vividos pelas crianças sírias, mais de dois milhões que precisam de tratamento ou ajuda psicológica.

Bookmark and Share