Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 11/03/2014
  • 15:35
  • Atualização: 15:52

Jovem peruana assassina a mãe e deixa corpo guardado por meses

Adolescente usava sprays para perfumar o ambiente e dissipar o mau cheiro da decomposição

  • Comentários
  • AFP

Uma adolescente peruana, suspeita de assassinar sua mãe com a cumplicidade do namorado, conviveu durante dois meses com o corpo em sua casa, enquanto prosseguia com sua vida normal, realizando, inclusive, festas com amigos, informou a polícia.

A adolescente de 14 anos usava inseticidas e sprays para perfumar o ambiente para dissipar o mau cheiro da decomposição do corpo da mãe. A polícia informou que a menor, de nome Stephanie, relatou que seu namorado de 16 anos, Fernando Jesús, cometeu o homicídio golpeando a vítima com um peso de ginástica na cabeça. Vilma Gabriela Niño de Guzmán de la Rosa foi morta em 11 de janeiro passado.

A mulher de 63 anos chegou em casa e encontrou os adolescentes trancados no quarto. Como ela reclamou, teve início uma discussão violenta que resultou na agressão fatal.

Na casa também vivia o pai, um octogenário com Alzheimer, que não se deu conta da situação. Até ser descoberta, Stephanie prosseguiu com a vida normalmente, dando festas em casa e postando fotos no Facebook.

Bookmark and Share