Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 13/03/2014
  • 12:09
  • Atualização: 12:43

Supermercados gaúchos devem vender 9 milhões de ovos de Páscoa

Agas projeta crescimento real de 2% em decorrência da data

  • Comentários
  • Correio do Povo

Os supermercados gaúchos devem vender 9 milhões de ovos de chocolate em decorrência da Páscoa, segundo estudo encomendado pela Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) e divulgado nesta quinta-feira. As vendas vão alavancar um faturamento de R$ 96 milhões para o setor: 10,9% deles produzidos pela indústria gaúcha. O crescimento real será de 2% em relação ao ano passado.

O presidente da Agas, Antônio Cesa Longo, informou que 89,7% dos gaúchos elegem os supermercados como local principal ou alternativo de compras para a Páscoa. A variedade de opções de produtos foi apontada por 55% dos entrevistados como um dos motivos da escolha dos supermercados em relação a outras lojas, seguida pelo preço mais baixo (47,5%) e pela comodidade de efetuar todas as compras em um mesmo lugar (42%), que até o ano passado era o principal diferencial do setor apontado pelos consumidores.

Segundo o Instituto Segmento Pesquisas, que realizou o estudo, os gaúchos vão gastar, em média, R$ 180,20 nas compras de produtos para a Páscoa em supermercados, valor quase R$ 20 mais alto que em 2013. Quanto às formas de pagamento, 55,9% das compras deverão ser realizadas por meios eletrônicos: dinheiro 26,1%; cartão de cdébito 27,1%, cartão de crédito 29,5%, cartão próprio do supermercado 9,3% e cheque 8%. 

Em média, os itens para a Páscoa estarão 8,9% mais caros que em 2013 (índice não deflacionado). Os ovos de em geral (+12,4%), a carne para churrasco (+8,8%) e as caixas de bombom (+7,6%) são os principais responsáveis pela alta. Por outro lado, o bacalhau (+1,3%), as azeitonas (+2,1%) e a colomba pascal (+2,5%) foram os produtos que menos variaram de preço.

Bookmark and Share