Correio do Povo

Porto Alegre, 25 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
10ºC
Amanhã
17º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

14/03/2014 09:17 - Atualizado em 14/03/2014 09:49

ONG resgata cães que sofriam maus-tratos em Santa Maria

Nove animais desnutridos estavam sem água e comida no pátio de uma casa

Animais foram levados a lares temporários para receber tratamento<br /><b>Crédito: </b> Elis Parode / Divulgação / CP
Animais foram levados a lares temporários para receber tratamento
Crédito: Elis Parode / Divulgação / CP
Animais foram levados a lares temporários para receber tratamento
Crédito: Elis Parode / Divulgação / CP

O Grupo de Apoio Santa-Mariense de Proteção Animal realizou nessa quarta-feira mais um resgate de bichos maltratados, que surpreendeu os integrantes pela situação em que os cães foram encontrados. A equipe localizou nove cachorros no pátio de uma casa, após denúncias de maus-tratos com características de crueldade, conforme a presidente da ONG, Elis Parode. A ação teve participação da Patrulha Ambiental, da Guarda Municipal e de um adestrador. Conforme o grupo, os cachorros estavam desnutridos, sem água e comida.

No local, encontrava-se uma pessoa que disse ser responsável pela propriedade. Vizinhos informaram que os moradores residem no local desde dezembro passado, quando chegaram com 18 cães e oito deles teriam morrido devido a maus-tratos ou ferimentos de brigas entre os animais. Além dos nove cachorros encontrados no pátio, havia uma cadela dentro da casa, que não pode ser retirada.

Os cachorros levados do local foram alojados em lares provisórios e recebem tratamento por veterinários voluntários. Elis salienta que, após recuperados, os animais serão doados, mas os interessados passarão por entrevista.

Em Santa Maria, segundo a Faculdade de Medicina Veterinária da UFSM, existem cerca de 20 mil animais de rua. A ONG recebe várias denúncias, e uma das preocupações são os maus-tratos que ocorrem dentro das residências, diz a presidente. Segundo ela, a meta é ter uma área definitiva para abrigar os animais.

Bookmark and Share


Fonte: Renato Oliveira / Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.