Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
22º 34º


Faça sua Busca


Notícias > Economia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

14/03/2014 12:14 - Atualizado em 14/03/2014 12:21

Prévia do PIB aponta crescimento de 1,26% em janeiro

Índice utilizado pelo Banco Central apontou crescimento de 0,93% em relação ao mesmo período de 2013

A economia do País cresceu 1,26% em janeiro, de acordo com o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB). Em dezembro, o indicador havia subido 1,40% na série com ajuste sazonal. Conforme dados divulgados nesta sexta-feira pelo BC, o número passou de 144,09 pontos em dezembro para 145,91 pontos em janeiro na série dessazonalizada.

A alta do IBC-Br ficou acima da mediana das projeções dos analistas do mercado financeiro. As estimativas iam de queda de 0,10% a alta de 1,80%. Em relação a janeiro de 2013, o crescimento foi de 0,93% na série sem ajustes sazonais. O resultado do indicador de janeiro de 2014 ante janeiro de 2013 também ficou acima da mediana de 0,55% (a estimativa variava de -0,60% a +1,70%).

Em 12 meses, o IBC-Br acumula alta de 2,29%, sem ajuste sazonal. Com ajuste, a alta foi de 2,47%. O IBC-Br serve como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses. Entre os indicadores está a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que mostrou alta de 0,4% em janeiro ante dezembro na série com ajuste sazonal e 6,2% na comparação entre os primeiros meses do ano de 2014 e 2013. Outro dado importante é a produção industrial, que em janeiro cresceu 2,9% na comparação com o mês anterior, mas caiu 2,4% em relação a janeiro de 2013.

A estimativa do IBC-Br incorpora a produção estimada para os três setores da economia acrescida dos impostos sobre produtos. Já o PIB do IBGE é a soma de todos os bens e serviços produzidos no País durante certo período. Pelo IBC-Br, a economia brasileira cresceu 2,52% em 2013 na comparação com 2012, nos dados sem ajustes sazonais. O PIB calculado pelo IBGE, no entanto, revelou expansão de 2,3% no ano passado.

Revisão

O Banco Central revisou alguns dados do índice de atividade econômica na série com ajuste. Para dezembro de 2013, o número foi revisado para queda de 1,40%, ante recuou de 1,35% na divulgação anterior.

Para novembro, o índice foi revisado de -0,64% para -0,35%. Também foi revisto o resultado do último trimestre do ano passado na comparação com os três meses anteriores. Primeiro, o BC calculou uma queda de 0,17%, que agora foi revista para recuo de 0,09%.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por sua vez, divulgou que o Produto Interno Bruto (PIB) subiu 0,7% no quarto trimestre de 2013 na comparação com o anterior.


Bookmark and Share

Fonte: AE






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.