Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 17/03/2014
  • 07:31
  • Atualização: 07:43

Servidores do Instituto Geral de Perícias paralisam atividades

Somente casos ligados a crimes com morte serão atendidos

  • Comentários
  • Jerônimo Pires / Rádio Guaíba

Os servidores do Instituto Geral de Perícias (IGP) paralisam as atividades nesta segunda e terça-feira. Conforme o presidente da Associação dos Papiloscopistas do Rio Grande do Sul, Guilherme Ferreira, estão suspensas as confecções e a entrega das carteiras de identidade, realização de perícias médicas (exames de corpo de delito) e as perícias criminalísticas. Somente casos ligados a crimes com morte serão atendidos.

As reivindicações dos servidores que compõem as cinco categorias do IGP incluem reposições salariais até 2018, semelhante ao que foi proposto para servidores das polícias Civil e Militar. Fazem parte dos quadros do Instituto papiloscopistas, médicos legistas, fotógrafos criminalistas, auxiliares de perícia e peritos criminais.

Conforme a vice-presidente do Sindiperícias, Adriana Wolffenbüttel, os trabalhadores vão se concentrar em frente do Departamento Médico Legal (DML), na avenida Ipiranga, e, também, no Departamento de Identificação, na avenida Azenha.

Bookmark and Share


TAGS » Greve, Geral