Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
15º


Faça sua Busca


Notícias > Política

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

17/03/2014 22:16 - Atualizado em 17/03/2014 22:18

PSol e PSTU defendem militantes indiciados

Partidos consideraram caso como um “inquérito político”

PSol e PSTU defendem militantes indiciados<br /><b>Crédito: </b> André Ávila / CP
PSol e PSTU defendem militantes indiciados
Crédito: André Ávila / CP
PSol e PSTU defendem militantes indiciados
Crédito: André Ávila / CP

Lideranças do PSol e do PSTU consideraram como um “inquérito político” o pedido de indiciamento de três militantes dos dois partidos por formação de milícia privada e vandalismo durante os protestos populares em junho do ano passado em Porto Alegre. Em coletiva nesta segunda-feira, o dirigente nacional do PSol, Roberto Robaina, chegou a compará-lo com os procedimentos elaborados pelos militares durante a ditadura.

“O inquérito foi produzido com a mentalidade do Departamento de Ordem Política e Social (Dops)”, afirmou Robaina. As lideranças acusaram o governo do Estado de criar uma “farsa” para acusar as jovens lideranças dos partidos. A defesa é em relação a três dos sete indicados pela Polícia Civil, na sexta-feira: Lucas Maróstica, filiado ao PSol, e Gilian Cidade e Matheus Gomes, ambos ligados ao PSTU.

Como a denúncia foi apresentada ao Ministério Público do Estado, os dois partidos pediram, em encontro com o procurador-geral de Justiça, Eduardo de Lima Veiga, e ao subprocurador-geral da Justiça para Assuntos Jurídicos, Ivory Coelho Neto, a rejeição dos indiciamentos. Veiga ressaltou que o inquérito será analisado pelo ponto de vista jurídico e terá a sua tramitação normal.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo





» Tags:Política PSol PSTU

O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.