Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 18/03/2014
  • 16:37
  • Atualização: 16:39

Vistoria em estabelecimentos no Mercado Público é adiada

Após oito meses do incêndio, sete estabelecimentos ainda continuam fechados

Após oito meses do incêndio, sete estabelecimentos ainda continuam fechados | Foto: Ricardo Giusti / CP Memória

Após oito meses do incêndio, sete estabelecimentos ainda continuam fechados | Foto: Ricardo Giusti / CP Memória

  • Comentários
  • Camila Kila / Rádio Guaíba

A vistoria que pode liberar sete estabelecimentos no Mercado Público foi adiada para o próximo sábado. A expectativa era de que o  Corpo dos Bombeiros fosse ao local nesta terça-feira, mas a grande demanda por fiscalizações impediu a ida.

Cinco restaurantes, uma doceria e uma sorveteria permanecem fechados desde o incêndio de julho do ano passado. Na semana passada, os bombeiros realizaram vistoria e apontaram problemas na sinalização das saídas e nas luzes de emergência. Ajustes foram realizados no último fim de semana.

De acordo com o representante dos permissionários do Mercado, Ivan Konig, os donos dos estabelecimentos ainda fechados precisaram realizar empréstimos para não demitir funcionários. Em função das obras de restauração do Mercado, o Plano de Prevenção e Combate a Incêndios (PPCI) foi separado entre a área geral e a instalação provisória. O custo da reforma foi estimado em R$ 19,5 milhões, oriundos do governo federal.



Bookmark and Share