Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

  • 19/03/2014
  • 14:08
  • Atualização: 14:09

Ucrânia dá ultimato de três horas à Crimeia para libertar prisioneiros

Comunicado do presidente interino Olexandre Turchinov fala de represália em caso de negativa

  • Comentários
  • AFP

O presidente interino da Ucrânia deu um ultimato de três horas às novas autoridades da Crimeia para libertar o almirante da marinha ucraniana capturado nesta quarta-feira, segundo um comunicado.

"O presidente Olexandre Turchinov deu ao poder autoproclamado 3 horas para libertar todos os reféns", entre eles o almirante Serguii Gaiduk, indicou o comunicado, que fala de medidas adequadas como represália em caso de negativa.

Bookmark and Share